Publicado em dietas em geral, low carb, nutrição comportamental mindfull eating, Uncategorized

Terapia Nutricional Comportamental


Hoje tive consulta com a nutricionista de novo e ela avaliou tudo o que eu comi na semana em que estava tudo liberado…

Conversamos muito a respeito de Organização e planejamento nas refeições. Não tenho mãe perto, na verdade já sou velha mas adoraria ter alguém que fizesse para mim as coisas. Se não desse certo eu colocaria a culpa nela… olha que fácil!!!

Se eu não fizer a minha comida, se eu não planejar tudo direitinho a casa não anda e nos alimentaremos de esfirra do Habbibs que tem na minha esquina ou de nuggets na air fryer.

Sobre isso foi falado sim e eu concordo plenamente, mas ela achou outro erro na minha alimentação. Talvez a falta do arroz com feijão me faça comer açúcar compulsivamente logo após o almoço.

Primeiramente estamos falando da parte comportamental para depois nós falarmos da quantidade.

Tem coisas que falo que parece automático, mas quando ela abre aquele semi sorriso de amor e compreensão,  fico com a voz meio travada. Talvez não perceba o quanto essa parte me incomode tanto, o quanto me sinto fracassada por fazer tantas coisas difíceis, tantas coisas legais e essa parte sou analfabeta funcional…

tumblr_inline_naqj41ScQf1s5zkcj

O processo está sendo muito dolorido, porque estou mexendo numa parte muito confortável ( Ou desconfortável?) da minha vida… A satisfação…

Volto da terapia com a cabeça fervilhando… Pensando… Refletindo… Mas isso ainda não acontece na minha alimentação. Apenas irei colocar mais alimentos de base como ela chama que será o arroz e feijão essa semana para ver como anda minha saciedade.

Também me receitou 2 chás um para o dia e um para a noite para ver se eu consigo parar com o remédio para dormir… Não consigo dormir…. E a maioria das vezes recorro a ele porque 2 da manhã não dá pra ficar acordada já que acordo as 6.

Foi o melhor investimento que fiz para mim…

Falando em investimento, ontem chegaram mais 2 modeladores que já tinha encomendado antes de achar uma loja aqui pertinho que vendia um da pliê.

Olha o Tamanho da bermuda Extra grande da Lupo que paguei quase 100 reais???

E a outra que é meio emborrachada. Gente a bermuda é do tamanho quase da minha mão aberta!!!! Se eu colocar isso não tiro nunca mais, só no hospital!!!!

 

Claro que os produtos serão devolvidos!!!! Nem tentei experimentar…

Para o governo de vcs eu engordei 3 quilos depois da Low carb tá??? Não perdi nenhum quilo, mas engordei!!!!!

tumblr_inline_nqivn9qyZr1qav501_500

Publicado em dietas em geral, nutrição comportamental mindfull eating

Tá na CAPA DA TIME dessa semana.


THUMB-TIME-1140x500

Porque as dietas da moda não vão te emagrecer… Veja o video!!!

Foi muito bom ver esse vídeo da Diana Garbin porque estou nessa fase…

Procure o seu caminho… Faça as pazes com seu corpo… E viva melhor sem a cobranças de coachings , dietas e  instagram onde vc só se sente fracassado porque não dá  pra seguir uma linha nem por um determinado tempo.

Saí da low carb e me senti assim, parecia tão fácil, tão prazeroso, mas não deu… Hoje estou bem mais gorda do que quando entrei nessa dieta e olha que eu não perdi nenhum quilo… Mas agora engordei!!!!

É de chorar mesmo…

 

Publicado em nutrição comportamental mindfull eating, Uncategorized

Nutrição Comportamental o que é?


Você já ouviu falar sobre nutrição comportamental? Um jeito diferente e inovador da nutrição que inclui os aspectos fisiológicos, sociais e emocionais da alimentação e promove mudanças no relacionamento do nutricionista com seu paciente e na comunicação da mídia e da indústria com seus consumidores.

Essa nova abordagem da nutrição tb é conhecida como:

Mindfull eating : comer intuitivo e consciente

Mindfulness: atenção plena – teoria e prática

Era tudo o que eu queria… Alguém que me ensinasse a comer e que me desse uma assistência total, porque sei que não caminho sozinha. mindfulness_poster_UK

Achei a Dra Carol por uma leitora aqui do blog, a Amanda que me segue já ha tempos. Ela tb não lida bem com a alimentação e sente muita culpa por não conseguir seguir um plano alimentar.  Na verdade como eu e como vc talvez que esteja lendo esse post.

Parece tão fácil né? É simples sim, mas o buraco é muito mais embaixo.

Sempre falo com minhas amigas que quando se corta uma droga deve ser mais fácil. Vc evita ir nos lugares que tem droga, muda de amigos, sei lá… Mas a comida está ali… E vc tem que aprender a lidar com ela… O que pra mim é impossível. Então eu oscilo entre não comer nada e comer tudo, e vem culpa, arrependimento, frustração… Tudo junto aos quilos extras, sempre…

Quando contei pro meu marido que ia nessa profissional, ele não acreditou… Disse que eu tinha que pagar para ouvir o que eu já sabia… Mas meu marido faz exercícios em casa…. Ele é regrado, pra ele é fácil… Ele é o cara que faz o treinamento da Nike trainning pelo x box com kinect e não falha nunca.

 

O que eu aprendi na primeira consulta???

Gente… Pra começar, consultas semanais de 1 hora.  Vcs acreditam?

Não me pesei na primeira consulta.

Não saí com dieta na primeira consulta.

Saí com a tarefa de comer tudo o que queria na vida, tudo o que tivesse vontade mas anotar…

Percebi que comi normal e que meu dia a dia não era de dieta nenhuma, porque ou eu não comia nada ou eu comia tudo… Então foi um dia normal. Comendo de tudo.

A única coisa foi que almocei num restaurante a quilo com uma amiga e comi frituras, como bolinha de queijo, pastel e filé a parmegiana, Mas o prato foi pequeno. E levei um saquinho de amendoim doce que eu amo pra comer durante a tarde no trabalho que estava no balcão na hora que fui pagar a conta.

Percebi que o poder comer tudo tb não é tanto assim… O resto do dia foi normal. Lanchei com a minha família de tarde, pão australiano com queijo branco e orégano na air frier e café expresso e de noite salada de frutas com iogurte natural e granola.

IMG-20170519-WA0057

Voltei calma e sem palavras para descrever a querida Dra Carolina.

Parece que ela já tirou um peso da minha vida, me tratando como uma pessoa que tem sentimentos e vontades. Que os meus desejos alimentares são genuínos. E não franziu a testa quando falei que como escondido de meu marido…

Estou feliz e me sentido acolhida… Engraçado que de noite quando meu marido falou como tinha sido a consulta, eu estava tranquila e plena. Antes de ir nela, estava agitada  e animadíssima. Ela me passou u,a calma tão grande que é difícil deu explicar aqui. Sabe quando alguem te entende e vc não precisa falar nada??? foi assim….

wp-1495575945626.